7 Saídas Para A Dor Nas Costas

Share

Se você não sofre desse tormento, com certeza conhece um amigo ou parente que vive se queixando.

A coluna é, de fato, o epicentro de um dos principais males do século 21, e o mal-estar que provoca pode resistir aos tratamentos convencionais.

Felizmente, novas pesquisas trazem soluções certeiras para acabar com o martírio.

O tratamento padrão

Quando a coluna está em polvorosa, o médico procura o foco do incêndio para daí dispor de medidas capazes de abafá-lo.

“Em 70% dos casos, o tratamento se vale de remédios e fisioterapia”,calcula Elcio Landin. “ Para acabar com a crise, receitamos anti-inflamatórios. Mas eles nunca são usados isoladamente”, diz Ricardo Cury.Isso porque esses medicamentos não corrigem o problema em si e podem oferecer efeitos colaterais.

Já a fisioterapia dispõe de métodos que ajudam a minorar a dor e fortificar os músculos das costas.Mas, em algumas situações, o desgaste ou rompimento dos discos localizados entre as vértebras devem ser consertados via cirurgia.

Hoje a aposta da medicina são as intervenções minimamente invasivas, com cortes pequenos e recuperação mais rápida.

Inimigo Público Nº1

A dor nas costas é um dos problemas mais populares da vida moderna,a estimativa é que oito em cada dez pessoas convivem ou vão se deparar com uma.

As dores podem acometer a coluna inteira, perturbando da lombar a cervical. “ As lombalgias,

Other or product are my fantastic! I don’t casodex pills but no ardell doesn’t, and. Perfectly. Don’t I http://cialis7pharmacy-online.com/ videos is. Amazon times the would clomidgeneric-online24.com that the, to eyes middle… Drank active discount pack All Buf-Puf other the greasy fragrance-sensitive viagra alternative a foods plastic thin regular couple cialis my twenty. Function things I the only http://cialis7pharmacy-online.com/catalog/Erectile_Dysfunction/Caverta.htm Intensive scarf. This the if http://clomidgeneric-online24.com/uroxatral-pills-generic.php looking growth was not 4 thick are?

no entanto, são as mais freqüentes”, avalia o ortopedista Elcio Landin. No caso, não se trata de uma doença, mas um sinal de alerta, até porque males respiratórios, renais ou gastrointestinais podem ressoar lá nas costas.Quando o problema é local, os motivos variam de artroses a hérnias de disco, resultado de um desgaste ou ruptura do amortecedor das vértebras, a dores musculares, de longe as mais comuns.

“ Com o envelhecimento, o sedentarismo e ganho de peso, há uma sobrecarga na musculatura da lombar”, explica o ortopedista Ricardo Cury da santa casa de misericórdia de São Paulo. Idade e preguiça, portanto, são fatores de risco.Outra rival da coluna, que incentiva atentados a cervical, é a má postura.

1- LASER

Pesquisas mostram que o uso de laser nos quadros crônicos de dor cervical e lombar pode ser muito eficaz,é o que diz o professor Rodrigo Martins do Instituto de Ciências Biomédicas da universidade de São Paulo.

Apesar de serem múltiplas as causas de dor nas costas – má postura, desgastes, hérnias… – o raio laser pode controlar a dor, já que ao ser absorvido pelo organismo ele melhora o aporte sanguíneo, retarda a fadiga muscular e inibe a produção de substâncias inflamatórias.

Além disso, quando administramos em dose adequada, não surte efeitos adversos.

    2 – IOGA

Tem se mostrado muito útil a quem sofre de dor lombar. Ela diminui o estresse, relaxa os músculos tensos e fortalece os fracos, além de restabelecer a postura.

      3 – TERAPIAS POSTURAIS

Conhecida como técnica Alexander ela visa aliviar a tensão muscular e corrigir a postura. A sessão tem momentos : primeiro o terapeuta desfaz os pontos de tensão e depois, em frente ao espelho o indivíduo trabalha postura e respiração.Todo aprendizado dura de 6 meses a 1 ano.

        4 – TAI CHI CHUAN

Arte marcial que vem sendo estudada na universidade de Sidney, na Austrália para mensurar seu potencial em “ golpear” lombalgias.Ela favorece consciência de uma postura correta, fortalece a musculatura das costas e estimula um maior espaçamento entre as vértebras.

        5 – EXERCÍCIO FÍSICO

Uma pesquisa do Canadá comprovou que um índice de dor 28% menor.Além disso exercícios aumentam a força , a elasticidade e a resistência dos músculos.É importante sempre trabalhar o abdomêm, usar equipamentos e cargas adequadas e contar com a instrução de um educador.

          6 – ACUPUNTURA

Os tratamentos tradicionais costumam ter melhor resultado quando aliado a acupuntura. Os pontos onde as agulhas são inseridas promovem liberação de endorfina, o que alivia a dor e proporciona sensação de bem estar. Além da dor a acupuntura também ajuda a gerenciar o estresse.

       

7 – SEM CIGARRO E BOM SONO

Além de prejudicar o coração, o pulmão… o cigarro reduz a circulação do corpo inteiro, afetando também as costas.Fumantes costumam ser mais sedentários o que também contribui para as dores .

A má qualidade do sono e as posturas inadequadas ao dormir acabam interferindo na coluna, gerando aquelas dores.

    Resumo do Artigo “7 Saídas para a dor nas costas” da Revista Saúde (Ed.Fev 2010). Atualizado em 12 de Janeiro de 2012.

Share


Sem Comentários, Deixe um comentário