Escoliose

Share

Postura é o alinhamento corporal adotado pelo indivíduo.

Uma boa postura na posição lateral pode ser vista como uma linha vertical das orelhas, ombros, bacia, joelhos até os tornozelos. Na vista frontal, uma boa postura mostra igualdade na altura dos ombros, bacia e joelhos. A cabeça é mantida reta e não virada ou angulada.

Qualquer alteração nesse equilíbrio poderá ser classificada como má postura, pois ela, distorce o alinhamento vertical apropriado do corpo e as curvas naturais da coluna. Boa postura tem uma única e boa aparência, mas a má postura pode ter várias más aparências. Dentre essas, a escoliose mostra-se a mais freqüente alteração postural.

Definição de escoliose: é uma deformação morfológica tridimensional da coluna vertebral que se caracteriza por vértebras que:

  • inclinam-se no plano frontal
  • giram no plano axial
  • colocam-se em extensão no plano sagital

Várias são as hipóteses etiológicas para a escoliose. Entre elas :

  • Fatores genéticos ( possível ligação sexual e influencia genética )
  • Fatores metabólicos e endócrinos
  • Defeito no sistema de equilibração( deficiência do sistema extrapiramidal e distúrbios proprioceptivos)
  • Fatores biomecânicos ( retrações de músculos, tendões e fáscias , alteração das fibras elásticas nos ligamentos)
  • Fatores da assimetria corporal ( crescimento assimétrico ligamentoso)
  • Crescimento rápido
  • Assimetria facetária ( crescimento assimétrico da epífise)
  • Fator neurobiomecânico
  • As escolioses podem ser classificadas em 2 grupos:

GRUPO I escoliose não-estrutural ou “atitude escoliótica”

  • Escoliose postural
  • Escoliose compensatória
  • Escoliose inflamatória e ciática
  • Escoliose histérica

GRUPO II Escoliose estrutural

  • Escoliose idiopática
  • Escoliose paralítica ou neurogênica
  • Escoliose congênita
  • Escoliose traumática

As escolioses idiopáticas , que tem causa desconhecida ou obscura são a grande maioria dos casos e mostra-se mais freqüente em meninas (7-9 M :1 H)

Dessa forma, há uma grande diferença entre atitude escoliótica e escoliose estrutural. Podemos citar algumas:

ATITUDE ESCOLIÓTICA:

  • São de baixa angulação
  • São facilmente reversíveis (100% redutíveis)
  • Não apresenta gibosidade na flexão anterior do tronco
  • Vértebra apresenta-se com: lateroflexão e extensão

ESCOLIOSE ESTRUTURAL

  • Apresentam maior angulação ( >15°)
  • Não são totalmente reversíveis
  • Apresentam gibosidade na flexão anterior do tronco
  • Vértebra apresenta-se com: lateroflexão, extensão e rotação

Fonte: Parâmetros Clínicos Radiológicos, Biomecânica e Tratamento Fisioterápico. (2001)

Atualizado em 24 de novembro de 2011.

Share


Sem Comentários, Deixe um comentário

Comentários fechados nesta matéria.